Por Ricardo Stumpf Alves de Souza

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Delícias de Rio de Contas VI
  
     Manhãzinha de inverno em Rio de Contas, com a Serra das Almas encoberta pelas nuvens e o casario colonial do Centro Histórico, visto do Largo do Rosário.
     Só quem vive nesta jóia da arquitetura colonial brasileira, considerada monumento nacional pelo Instituto do Patrimônio Histório e Artístico Nacional - IPHAN, sabe a delícia que é acordar cedo e caminhar pelas ruas ainda silenciosas, podendo curtir esse patrimônio natural fantástico que envolve a cidade.
     Nem parece que a gente está na Bahia, e no meio da região semiárida brasileira, com temperaturas por volta de 15 graus, neste oásis gigantesco que é a Chapada Diamantina, berço de todos os rios baianos e verdadeiro orquidário natural.


Filhos

     O Faustão deste domingo fez a apologia de um homem pernambucano que tem 32 filhos com três mulheres. Incrível a apologia ao machismo do polígamo. Que eu saiba poligamia é crime no Brasil.
     Um sujeito desses deveria ser preso por atentado ao meio ambiente. Imagine se a moda pega? Anos e anos tentando fazer as famílias reduzirem o número de filhos e agora um sujeito irresponsável deste é considerado herói pelo horroroso programa dominical da Globo.
     Até quando vamos ter que ouvir a voz de Faustão nos nossos domingos? Até quando nossos finais de semana vão ser dominados por estes programas de auditório tão baixo nível?
     Alguém precisa tomar uma providência sobre este tipo de programação.TV é cultura e a cultura do nosso povo não pode ficar eternamente refém dos lucros das famílias que controlam essas concessões.

Viva a pátria Palestina


     Avança celeremente o movimento mundial para reconhecer a Palestina como país independente, como manda a partilha realizada pela ONU em 1948.
     O governo sionista de Israel ainda tenta consolidar sua ocupação, construindo mais e mais colônias em território palestino, na esperança de criar um fato consumado irreversível, mas parece que o mundo se cansou das eternas negativas israelenses para chegar a um acordo. Se cansou também de ver os palestinos sempre massacrados, perseguidos na sua própria terra por um invasor que não aceita nem cumpre nenhuma resolução da ONU, protegido pela sombra imperial dos Estados Unidos. Cansou de ver tanta injustiça e arrogância sobre um povo que pede apenas o direito de viver livremente em seu próprio país.
     Mais de 140 países já reconhecem a Palestina como um estado soberano, fato que deverá ser confirmado pela Assembléia Geral das Nações Unidas em setembro. Não há política nacionalista de Israel capaz de impedir esse movimento mundial de reconhecimento. Falta o povo israelense eleger um governo que respeite os direitos humanos e as resoluções internacionais para que a paz e a democracia se estabeleçam definitivamente na região, onde já sopram os ventos da chamada primavera árabe, que vai derrubando todos os ditadores que ajudaram israel a conter as legítimas aspirações do povo palestino ao longo das últimas décadas.

Um comentário:

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !