Por Ricardo Stumpf Alves de Souza

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

2010 ou 2012?

Gente, que início de ano!
Desabamentos, inundações, terremotos...
Os que esperam ansiosamente pelo fim do mundo estão excitadíssimos: é o começo de 2012!
Minha prima mora no Haiti, deu depoimento na Globo. Sorte que estava no Rio com sua mãe, que é minha madrinha, e todos da sua família estão à salvo.

Coragem

Agradeço os comentários sobre meu último artigo a respeito da cultura em Rio de Contas.
Meu desencanto suscitou comentários interessantes, dois deles falando da minha "coragem". Não entendo muito isso. Alguns se esconderam sob a condição de anônimos para criticarem a Prefeitura.
Porque? Não vivemos numa democracia onde é livre a manifestação da opinião?
Não acho que eu seja especialmente corajoso, mas talvez haja uma cultura de medo por aqui e, no meio dela, pareço ter mais coragem. Vamos mostrar a cara pessoal: é permitido e garantido pela Constituição.
Se todos falassem muita coisa já teria mudado, com certeza.

Dilma x Serra

A tropa de choque do PSDB já entrou em campo na internet.
Recebi um e-mail falando que Dilma Roussef foi guerrilheira, assaltou o cofre de Ademar de Barros e era ligada aos comunistas (que horror!).
Esqueceram de dizer que Serra foi do Partido Comunista quando era presidente da UNE e que José Aníbal, que foi presidente do PSDB e líder do governo FHC na Câmara, também participava de organizações armadas e assaltou bancos, na luta contra a ditadura.
Muitos desses políticos que aí estão vieram da esquerda e participaram de ações armadas contra a ditadura militar, o que não é nenhuma vergonha.
Até o Fernando Gabeira, presidente do PV, participou do sequestro do embaixador americano, em 1970.
Isso quer dizer que eles continuam guerrilheiros e comunistas? Francamente!
Ainda por cima insinua que Dilma e seus companheiros teriam simulado torturas para sujarem  nome das forças armadas.
Agora essa! Os militares eram uns anjinhos...
Tudo isso passou, de ambos os lados foi superado e esquecido. Como diz o Gilberto Gil: Vamos enterrar esse defunto.
Mas o cofre do Ademar foi verdade. Descobriram que ele tinha 2 milhões de dólares em casa e acabaram de vez com a carreira do político que tinha a cara de pau de se intitular: rouba mas faz.
Ponto para a Dilma.
Mas apesar dessas qualidades, prefiro Marina Silva, justamente porque acho que temos de enterrar o passado e olhar para o futuro.

Agradecimentos

A todos os amigos e conhecidos, blogueiros e correspondentes, que enviaram mensagens de felicitações pelo nascimento de minha neta Cecília. Algumas mensagens me emocionaram e todas elas encheram nossos corações de alegria e paz.
Que Deus ilumine todos vocês.

Abraço a todos

Ricardo Stumpf

Um comentário:

Micaele disse...

Concorodo pai,precisamos falar a verdade,doa quem doer.Enquanto a politica nao vamos voltar ao passado,pois cada um tem seus defeitos.Vamos enxerga o presente, o agora.